terça-feira, 27 de setembro de 2011

PRESIDENTA?

Transcrevo do Blog VISÃO POLÍTICA (www.camaradosdeputados.blogspot.com) o texto abaixo, para elucidar a polêmica sobre o termo "presidenta":

Uma belíssima aula de português foi elaborada e acaba com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta. De uma vez por todas termina essa polêmica, que na verdade só existe pela insistência petista de querer infiltrar o erro na língua portuguesa.

A presidenta foi estudanta?
 

Existe a palavra: PRESIDENTA?

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade. 



Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionarem à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, à pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha. 


Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".


Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
 

 "A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta".


Portanto, Excelentíssima Senhora Presidente da República, corrija o seu português!

5 comentários:

Ma Ferreira disse...

Fiquei imensamente honrada com sua visita e comentario em meu blog.

Amei o artigo. Elucidativo e com uma bela critica embutida.

No minimo a nossa Presidente deveria estar a par do basico da nossa lingua. Poderia dar o exemplo..mas enfim..

Com carinho,

blog da Paraguassu disse...

Olá amigo,
Finalmente alguém põe um ponto final nesta barbárie de usar o termo "presidenta". De fato e de direito, o termo correto, como você deixou claro, é "presidente". Gostei deveras de seu blog e já o sigo. Gostaria que conhecesse meu espaço e, se gostar, seguir-me e deixar um comentário em minha postagem.
Um grande abraço,
Maria Paraguassu.

Prof. Irapuan Teixeira disse...

Obrigado Ma Ferreira, também fico feliz quando vc visita meu blog. bjs.

Prof. Irapuan Teixeira disse...

Maria Paraguassu, já sei que você é de Porto Alegre e Gremista; "minha terra e meu time". Geograficamente estou longe mas um pequeno príncipe já dizia que "longe é um lugar que não existe"! Obrigado por seguir meu blog. bjs.

Astrid Annabelle disse...

Muito bom.
Uma senhora aula!
Andei passeando por suas páginas Professor Ira...querido Mestre de Reiki...e deixando uns pitacos....
Beijo grande
Astrid Annabelle